13 de jan de 2011

Os sete deuses da sorte


 Os sete deuses da sorte, fortuna e felicidade (conhecido também como Shichifukujin) é um grande ícone da mitologia japonesa e da doutrina espiritual do Xintoísmo. Teve origem no século XV, devido aos problemas financeiros do país. As pessoas apostavam em uma “divindade”.
    Dizem que no ano novo os sete deuses chegam a terra em seu barco de tesouro. Os crentes acreditam em uma prosperidade oferecida pelas suas respectivas imagens, e principalmente estatuetas.
    Eis os Shichifukujin:

Benzaiten
    A deusa que representa o lado feminino, delicado e sutil das coisas. Muitos a associa a água, devido ao “tudo que se flui”, tal como as águas. Suas imagens sempre estão relacionadas à literatura e música. Segundo os crentes, apreciar sua imagem lhe desenvolve a habilidade artística e aparente.

Uma pintura de Benzaiten
Bishamonten
    Também é um dos guardiões e missionários do budismo. Representa a coragem e a força, e de empregar o bem (no caso, os ensinamentos de Buda). Suas imagens sempre lhe dão uma aparência guerreira, com armadura e lança. Segundo os crentes, apreciar sua imagem traz proteção residencial, espanta o mal olhado e doenças.
Uma estatueta de Bishamonten

Daikoku
    Sempre sorridente, Daikoku representa a riqueza, a fartura trazida pelo trabalho. É famoso entre os agricultores. Suas imagens sempre lhe mostra com um martelo e um saco de arroz (alguns dizem que são tesouros). Segundo os crentes, apreciar sua imagem traz bons lucros financeiros no trabalho.
Uma estatueta de Daikoku

Ebisu
    “Ebisu não dá peixes. Ebisu ensina a pescar”. Uma frase famosa do deus da pescaria e do bom rumo comercial. Suas imagens sempre lhe mostra com um chapéu de pano, segurando uma cumbuca, uma vara de pescar ou/e um pargo. Segundo os crentes, apreciar sua imagem traz prosperidade e sucesso no trabalho.
Imagem de Ebisu segurando um  pargo

Fukurokuju
    Fuku(felicidade)roku(riqueza)ju(vida longa), é o deus da sabedoria e da longevidade. Suas imagens lhe mostra sempre sorridente, com roupas finas, e acompanhado por um veado ou tartaruga (símbolos da longevidade). Segundo os crentes, apreciar sua imagem traz uma comprida vida, e acariciar sua careca traz inteligência, srs.
Estatueta de Fukurokuju

Hotei
    Também chamado de “Buda Gordo” (É errado dizer que Hotei é Gautama), Hotei é o deus da alegria e contentamento. Está sempre sorrindo em suas imagens, com roupas frouxas e uma grande barriga que representa a satisfação (e não a gula, como muitos pensam). Segundo os crentes, apreciar sua imagem espanta as preocupações.  
Hotei

Jujorin
    Parecido com Fukurokuju, Jujorin é o deus da inteligência e da vida longa, também da saúde e muitas das vezes considerado também o deus da ecologia. Suas imagens lhe mostra com uma grande barba, uma bengala, e às vezes com um pergaminho e/ou uma garça (ou veado). Segundo os crentes, apreciar sua imagem trás sabedoria e saúde.
Estatueta de Jujorin



Os sete deuses da sorte em seus navio 


3 comentários:

  1. A cultura japonesa é muito interessante mesmo,bom post!

    ResponderExcluir
  2. SOU ÓRION
    PROCURAMOS MAIS 1MA DEUSA DO AMOR OU DEUS PARA NOS AJUDAR A FICAR COM BAR REFAELI

    ResponderExcluir
  3. ADORAMOS ESSA GATA ISRAELENSE
    E NOSSA BELA JUDIA DE NÓS NOS CONHECE
    SO NÃO SE LEMBRA DA OUTRA VIDA ANTEPASSADA

    ResponderExcluir